sábado, 4 de junho de 2016

Dos pés a cabeça

Enqto estou aqui a chuva ainda não parou
e eu só quero ver um pouco de seu sorrir
no instante em que faço um poema de amor
para ver o seu olhar em mim uma vez luzir!

A chuva por aqui ainda não parou
e eu quero apenas poder vê-la sorrir
enqto faço mais um poema de amor
pra vê-la uma vez em meus olhos luzir!

Eu continuo aqui, a chuva não parou
mas estou a fazer o poema de amor
no qual você tão linda se reconheça

feito no jardim aquela mais bela flor
que só quem é bom que a mereça
por ser linda assim dos pés a cabeça!

Nenhum comentário:

Sozinhos na multidão

Sozinhos na multidão vivemos cada vez mais isolados, no século da comunicação não percebemos quem está do l...