Páginas

quinta-feira, 5 de maio de 2016

Lágrimas de Aleppo

Aviões vomitam paraquedas e alimentos
enqto feridas abertas em ambos os lados
não refletem a dor, agonia e sofrimento
e Aleppo é ferida a cada novo disparo!
Crianças de todas as idades pedem paz
mas, a Síria arde em guerra e apego ao poder
enqto aviões com remédios tentam pousar
mas mercadores da morte só querem vender!
Enqto a Síria expurga o mal que não padece
a gente vê tanta tristeza, lágrima e dor
que infecta o ar feito os espinhos em flor
mas a tristeza aos poucos se repete
mesmo vendo tanta vida que fenece
pedimos a Deus que nos salve desta dor!

Nenhum comentário: