segunda-feira, 25 de abril de 2016

No limite do possível

Você vê, sente, sabe o extraordinário,
algo que o ser comum sequer imagina
no caminho de luta com poucos aliados
pois, a maioria não quer sair da rotina!
Você vê, sente e sabe que o incrível
não chega sequer perto do imaginário
dos que vivem no limite do possível
com medo de perderem o seu bocado!
Você vê, sabe e sente o extraordinario
mudando aos poucos o viver diário
na aceitação dos que amam a rotina
com medo de perderem seu bocado
e sequer percebem em suas retinas
a luta que a dor no lugar do amor ensina!!!

Nenhum comentário:

Andarilho