quinta-feira, 31 de março de 2016

Olhos celestiais

Ela é uma princesa de ébano
e eu um mero vate emocionado,
um menestrel lusófono
que só de vê-la fica enamorado!

Ela tem no olhar suavidade da noite
e sorriso que faz o dia contorcer de inveja,
de ternura que alivia a dor do açoite
e convicção que tira perdido das trevas!

Ela é uma deusa entre mortais,
a flor delicada entre os espinhos
e eu sou o vate todo em carinho

que conseguiu um segundo de paz
perdido entre seus olhos celestiais
implorando ela em meu caminho!

Nenhum comentário:

Ter sucesso virou moda