quarta-feira, 16 de março de 2016

Carícia eternizada

Amor, meu grande amor
a vida não tem hora marcada
quando preciso de carinho e flor
você é doce carícia eternizada!


Amor, meu grande amor
jamais me deixe ou esqueça
e quando e se vier a dor
por favor, não desapareça!

Amor, meu grande amor
a vida é pião em mão de criança
que gira, volta, rodopia e dança

distraidamente brincando na dor
que pode vir com perfume de flor
brincadeira esta que nunca cansa!

Nenhum comentário:

De Victor Hugo a Frejat

Soneto I Eu lhe desejo de todo coração que você seja muito, muito feliz, que seja o dono de sua emoção e no amor...