domingo, 24 de janeiro de 2016

Doce amanhã

Lendo poemas de Mizuta Masahide
ela me falou de um longínquo lugar
onde todos seremos felizes
e cada um pode se encontrar!

Lendo trechos de Cecília
ela me disse que o amor e o verso
não faz do homem uma Ilha
mas sim integrante do universo!

Lendo os versos de Florbela
me fez ver que a vida é bela
feito as letras que ouço do Djavan

no instante que o passeio entre eu e ela
tem os sabores de canela e hortelã
enqto a noite anuncia o doce amanhã!

Nenhum comentário:

De Victor Hugo a Frejat

Soneto I Eu lhe desejo de todo coração que você seja muito, muito feliz, que seja o dono de sua emoção e no amor...