terça-feira, 1 de dezembro de 2015

Qualquer jeito

Quero você assim e de todo jeito,
pode vir vestida de prata ou nua,
uma mão vagueia no seu peito
e minha boca procura pela sua!

Quero você de qualquer forma,
a minha mão em suas costas nuas,
em seu olhar esqueço o mundo lá fora,
na vontade que de uma virou duas!

Quero você de qualquer jeito
com minha mão assim em seu peito
vendo seu olhar doce, alegre e em paz

dizendo em silêncio o sonho perfeito
mesmo quando em febre a amar 
me vejo feliz e perdido em seu olhar!

Nenhum comentário:

Andarilho