Páginas

sábado, 12 de setembro de 2015

Bela flor da vida

Sentado há tanto tempo num trono
tegiversando a inutilidade da vida
vejo que me joguei em abandono
com a desculpa de não ter feridas!

Sentado há tanto tempo num trono
tegiversando a inutilidade de mim
e me joguei consciente ao abandono
numa comiseraçao e pena sem fim!

Sentado há muito tempo num trono
vejo a vida se perder em abandono
por ver pena e comiseraçao em mim

vagando a cada intervalo de sono
que evito por sentir que é o fim
da bela flor da vida caída no jardim!

Nenhum comentário: