Páginas

quarta-feira, 20 de maio de 2015

Sofrência

Bem que poderia em mim o amor
resgatar o ser desta necessidade
de seguir o caminho que o outro for
dizendo ser isto em nome da felicidade!

Bem que poderia o amor em mim
resgatar desta necessidade o ser
que por deleite ao outro ir até o fim
sem jamais abrir os olhos para o viver!

Bem que poderia o amor em mim
livrar-me do decreto do próprio
alegando fazê-lo pelo bem do outro

que por prazer pisa nas flores do jardim
vendo em meus olhos tanta dor e sufoco
que a me desprezar vivo por tão pouco!

Nenhum comentário: