Páginas

segunda-feira, 25 de maio de 2015

Deixa

Deixa que eu lhe abrace agora
enquanto a chuva fina cai na rua
e que o mundo inteiro lá fora
mantenha cada um na sua!

Deixa que eu veja em seu rosto
o afeto que sei que sente por mim,
e a vida seja mais forte que o desgosto
e nosso sonho jamais tenha fim!

Deixa que eu lhe abrace agora
que fique pra depois a noite lá fora
e eu sou imensamente feliz

por ser meu amor, minha senhora
a causa e efeito do meu existir
deixa a vida nos conduzir!

Nenhum comentário: