quarta-feira, 13 de maio de 2015

Amor simples

Amo o amor careta do jeito que ele é,
feito quem manda bombons e flores
para uma específica e única mulher
a cumprir a promessa de mil amores!

Eu amo o amor eterno e tagível
desses que se sente na pele,
amor simples, protetor e humílde
que não aprisione e nem desespere!

Eu amo o amor assim meio arcaico,
meio maduro e nem tão moderno
desses que a chorar me suja o terno

e mesmo assim em um apaixonado abraço
me leva na terra a singrar o espaço
por que o amor sendo simples é eterno!

Nenhum comentário:

Se reinventa