Páginas

quarta-feira, 15 de abril de 2015

Visões

Eu vejo o dia amanhecer bonito,
vejo o broto se ransformar em flor,
vejo um céu límpido, azul e infinito,
talvez isto queira me dizer o amor!

Vejo o olhar da mulher que passa,
vejo a criança que brinca só e feliz,
vejo que pensa em mim e se abraça
na saudade que marca feito cictriz!

Eu vejo o dia amanhecer bonito,
vejo como é belo e azul o infinito,
vejo que pensa em mim e se abraça

imaginando se, quem sabe, comigo
essa dor que lhe pertuba e arrasa
se vá com aquela mulher que passa!

Nenhum comentário: