sábado, 18 de abril de 2015

Direito á liberdade

Mesmo quem gosta de expor a realidade dos fatos
também esconde sob os tapetes a poeira da verdade,
um tapa na cara dói muitos mais que um desacato
mas tem por desculpa proteger a sociedade!

O negro como predador do negro
é mais que um registro no DNA da historia,
seja por ganância, sobrevivência ou medo
qualquer um guarda um caso na memória!

Quem lotou o navio negreiro Amistad
depois saiu á caça como capitão do mato
hoje é o policial negro que mata o mulato

tudo pela sobrevivência de uma sociedade
que sai ás ruas para não ver o negro na faculdade
por que o conhecimento revela o direito á liberdade!!

Nenhum comentário:

Se reinventa