Páginas

quinta-feira, 26 de março de 2015

No zap zap

Entrei no zap zap pelo seu amor
mas, ela não me correspondeu,
este trem doido aos poucos me viciou
e ela nem viu o poema nenhum poema meu!
Tudo bem que todos os dias
eu postava um poema e uma rosa,
criava mil frases de efeito, mil poesias,
e ela os deletava na hora!
Entrei no zap zap pelo seu amor,
ela sequer percebeu ou linkou
enquanto fiquei a ver navios
postando as dores deste amor
que ela sequer perebeu ou notou
enquanto o mundo todo curtiu!

Nenhum comentário: