segunda-feira, 30 de março de 2015

A minha América

A minha América é mais latina que a do norte,
é mais tango mambo que te quero tanto,
é chão duro por que o cabra é forte,
chão que falta alimento e sobra calango!

A minha América Latina é mais nordeste
que rock, foxtrote, break, modismo ou hip hop,
é terra que só sobrevive quem é cabra da peste
que continua firme independente do que sofre!

A minha América é muito, muito mais latina
por causa do lindo olhar da mulher menina
desconfiada de tanta promessa e bajulação

embalada por música e dança argentina
sabendo que a riqueza do império fascina
mas não traz pra ninguém nenhuma salvação!

Nenhum comentário:

Se reinventa