terça-feira, 17 de fevereiro de 2015

Colheita

Quem é responsável pelo seu fracasso,
se não se propõe a enfrentar caminhos,
se não arrisca um mínimo avanço nos passos
e não entende por que está sempre sozinho?
Quem é o responsável pelos seus erros
se não se atira sem temor ao infinito,
se não confia o suficiente em si mesmo
para libertar dentro da alma o próprio grito?
Quem é o culpado daquilo que você não fez
com receios de se perder lá na frente
enquanto o mundo evolui diariamente
e você perdido e só reclama que não tem vez
no instante em que todos progridem com lucidez
por que cada um colhe o que planta na mente?

Nenhum comentário:

Sozinhos na multidão

Sozinhos na multidão vivemos cada vez mais isolados, no século da comunicação não percebemos quem está do l...