Páginas

sábado, 31 de janeiro de 2015

Nave lunar

Desde aquele dia em que você
partiu no brilho de uma estrela
tento apenas sobreviver
na intenção de revê-la!
Desde o dia em que você se foi
no brilho de um raio de luar,
isto tem cinco anos ou dois,
tempo que não consigo precisar!
Desde o dia em que você embarcou
na cabine de uma nave lunar
não consigo a mim encontrar
mesmo sabendo que o verdadeiro amor
gera felicidade e nunca a dor
fazendo tudo em volta renovar!

Nenhum comentário: