terça-feira, 6 de janeiro de 2015

Meu amigo do futuro

Meu amigo do futuro
Se um dia você voltar
Não venha em tempos obscuros
Para que eu possa lhe encontrar!
Você sabe a minha amargura
Por viver nestes tempos sombrios
E que mesmo com tanta ternura
Permaneço triste e sozinho!
Ás vezes penso que eu
Sou errado por estar aqui
Num caminho totalmente inseguro
No meu sonho que se perdeu
Sem razão para existir
Tentando lhe encontrar no futuro!

Nenhum comentário:

A oração e o divino