quinta-feira, 11 de setembro de 2014

Um muito

Você é muito para o meu verso,
uma nova razão para o meu viver,
uma discrepância no universo
que reorganiza todo o meu ser!
Você é um tudo em meu poetar,
a letra dentro de minha música,
meu coração no peito a sangrar
amores, desejos e súplicas!
Você é a água fria em meus sonhos,
o oásis em meus dias de deserto,
a fruta doce do meu pomar,
o verso que feliz agora componho,
a vontade de tê-la sempre por perto,
o meu infinito particular!

Nenhum comentário:

Intimidade com Deus