Páginas

quarta-feira, 24 de setembro de 2014

Gente sofrida

Eu vejo minha gente sofrida,
cansada, calada de tanto penar,
gente que apanha nesta vida
desde a hora em que o sol começa a raiar!
Eu vejo as coxas de louça da moça
que passa e me deixa a sonhar,
eu vejo a angústia louca
daqueles que se recusam a amar!
Eu vejo o dia que se vai
depois de tanto e tanto raiar
a gente indo pra casa descansar,
vejo os que tem sonhos indo estudar
cansados deste eterno vai ou não vai
rompendo com a história de sofrer dos próprios pais!

Nenhum comentário: