Páginas

sábado, 9 de agosto de 2014

Salute, tu! Oh, Israel

Na constante guerra da desigualdade
mil palestinos morrem pra cada israelense
enquanto o mundo assustado com tanta crueldade
vendo a violência que ninguém entende!
Passam carros, bombas, torpedos,
foguetes teleguiados e explosões,
imperam a dor, o descaso e o medo,
muitos corpos e casas no chão!
Na guerra da desigualdade
que assusta a humanidade
pelo morticínio de forma cruel
não mostra a evolução da humanidade
dos exércitos do povo que veio do céu!
Salute, tu! Oh, Israel!

Nenhum comentário: