quarta-feira, 18 de junho de 2014

Minha missão

Eu nunca que escrevo na hora em que quero
mas sempre faço o que a poesia em mim deseja
se não faço ela agoniza e eu me desespero
não importa onde quer que eu esteja!
A poesia amplia meu dom de observação
fazendo ver o que muitos querem ignorar
por isso sou um solitário na multidão,
nem tudo que vejo posso escrever ou falar!
Eu sei que um dia desses qualquer
a poesia irá me recompensar
pelas perdas por causa da observação
que venho fazendo quando ela assim quer
sabendo eu que tudo de bom a mim virá
enquanto eu cumprir com minha missão!

Nenhum comentário:

Intimidade com Deus