domingo, 16 de março de 2014

Paulo Goulart

Homens bons não nascem todos os dias
mas a vida leva-os sem nos avisar,
eu tenho apenas uma pequena poesia
para poder lhe homenagear!
Você viveu um amor eterno
que irá ao seu lado onde quer que vá
seu legado não se armazena em castelos
e permanece a muitos a incentivar!
Dos filhos aos quais tanto amou
ao taxista desconhecido que ajudou
fez o bem e não deixou registros
como só faz quem sabe que o espírito
renasce todos os dias nos sorrisos
dos que recebem a prova de amor!

Nenhum comentário:

A oração e o divino