Páginas

segunda-feira, 24 de março de 2014

Eternizar

Quero eternizar um sentimento
desses que não ficam parados
feito músicas de Milton Nascimento
na voz eterna de Marina Machado!
Quero eternizar para a amanhã
um clássico de Itamar Assumpção
na voz grave de Zélia Duncan
que eleva a dor em forma de canção!
Minha poesia também é marginal
uma vez que não se encanta pelo poder
e afeta o cerne do sentimento
buscando por um novo ideal
onde se valorize a liberdade do ser
na qual se evolui o pensamento!

Nenhum comentário: