Páginas

segunda-feira, 24 de março de 2014

Coincidências

Consegui apagar meu corpo da sua tatuagem,
mudei todas as senhas que tinham o seu nome,
deletei do cérebro e do PC sua imagem
e da cidade em que mora passo longe!
Não existem coincidências
nos desencontros do amor
só que também não existe ciência
que possa aplacar do peito esta dor!
Sigo sonhos que não acredito,
defendo teses que nunca li,
apenas para provar que ainda existo
e neste devaneio em que vivi
a única verdade é que não a esqueci
e nem me socorreu desta dor o infinito!

Nenhum comentário: