quinta-feira, 19 de dezembro de 2013

Funcionário da poesia

Muitos por si próprios já são funcionários
estejam ou não em um mundo corporativo
dedicando o seu sofrer longo e diário
sem perceberem se estão ou não vivos!
Muitos vivem em função de algo
sem saberem mesmo o que é
desgatando-se em sonhos malfadados
seja por amor, por fanatismo ou a fé!
Eu também vivo com um fervor diário
me dedicando com amor e carinho imutável
que sempre me recompensa com imensa alegria
e quem me conhece sabe que eu sou um funcionário
na função que jamais deixa a minh'alma vazia
por ser eu funcionário só que funcionário da poesia!

Nenhum comentário:

Andarilho