Páginas

quinta-feira, 28 de fevereiro de 2013

Busca


Sempre que busco por você
busco muito mais por mim
e nesta busca passo a viver
um dilema doído e sem fim!

Sempre que caço o seu olhar
na imensidão do céu infinito
tenho o desejo de encontrar
o doce amor em seu sorriso!

E sigo assim com meu dilema
em que lhe busco e não a vejo
mas sei que hei de encontrar

para resolver o problema
que aumenta mais o desejo
mas não pode me libertar!

Nenhum comentário: