sexta-feira, 4 de janeiro de 2013

O brilho da vida


Se fizesse uso constante da força
que eu vejo e sei que você tem
suas vitórias não seriam poucas
e não ficaria a dever nada a ninguém!

Se você soubesse com convicção do poder
que eu sei e vejo que há em sua mente
o seu caminho estaria escrito para vencer
e você seria diante de todos um oriente!

Mas, não sei por que prefere si anular
deixando que lhe digam o que fazer
como se não soubesse para o que nasceu

e segue assim tristemente sua lida a vagar
deixando que façam o que querem de você
feito quem há tempos o brilho da vida perdeu!

Nenhum comentário:

Se reinventa