Páginas

sexta-feira, 4 de janeiro de 2013

Estrada da dor


Você não sabe metade do que passei
em nome dos meus bons sentimentos
se o muito perdi ou o pouco que ganhei
não me perdi em vãos e vis pensamentos!
Nesta longa estrada do sofrer e da dor
não tenho que de novo por ela passar
pois, plantei a semente da mais bela flor
que gerou e se colho por que soube plantar!
Hoje já me cansei de guerras e lutas,
não procuro mais contra o que ou quem lutar
acabou-se-me a junto a vontade e a fé
enquanto vou reavaliando minha conduta
para ver, na real, onde quero e vou chegar
esteja eu onde sempre você me quiser!

Nenhum comentário: