Páginas

sexta-feira, 23 de novembro de 2012

O lutar

Todas as noites quando me deito
na certeza de que vou morrer
a vida insiste para que veja direito
e mais uma vez volto para viver!
Todos os dias eu tento e quero
continuar inerte em meu sono
mas a vida arde, urge, é um desespero
e não está nem aí pro meu abandono!
Todas as noites me prometo
que vou dormir pela última vez
e que nunca mais vou acordar
mas a vida já me chama bem cedo
mostrando-me um dia com luz e altivez
para que eu nunca abandone o lutar!

Namastê - Mauro Antonio Evaristo - Quatro Barras. PR: 
Editora Protexto. 2013. vi, 102 p.: 21 cm. Pág.: 98

ISBN:97-885-7828-401-5

Nenhum comentário: