Páginas

quarta-feira, 17 de outubro de 2012

Momentâneo desespero

Se você me pergunta por onde andei
enquanto você aqui sofria e chorava
de olhos úmidos com certeza lhe direi
que por meu lado me desesperava!
Tenho já aqui comigo quarenta e poucos anos
de sonhos e de sangue pela América do Sul,
sei que sobrevivi com todos os meus desenganos
ouvindo meus tangos argentinos e um pouco de blues!
Sei que este meu momentâneo desespero
um dia eu sei que vai ter que acabar
e não pode até virar moda para dois mil e treze
só peço que entenda que não sou mais o mesmo
mas, os meus sonhos ainda farão com que eu chegue lá
afinal a vida se transforma em dias, anos e meses!

Nenhum comentário: