Páginas

sábado, 20 de outubro de 2012

Amor é sempre amor.

Eu não posso lhe ensinar
o que preciso aprender
e isto vale tanto para amar
quanto também para o viver!

Eu não posso sequer exigir
aquilo que não lhe ofereço
se é muito o que recebi
foi por que paguei o preço!

Viver é bom e é a meta da estrada
na qual não se pode perder no tempo,
a solidão é só o desencontro da dor

e cabe a nós fazermos da jornada
a evolução dos verdadeiros sentimentos
por que a riqueza do amor é sempre amor!

Nenhum comentário: