Páginas

terça-feira, 25 de setembro de 2012

Um pássaro.

Certa vez um pássaro
Deixou cair na terra
A semente do seu bico
E chegou a primavera!

A semente foi bem acolhida
E a natureza a fez germinar
Com força e resistência
De quem vive para lutar!

Aos poucos com o carinho do sol
E a dosagem do tempo
A semente virou planta

Crescendo rumo ao céu
Enfrentando a fúria dos ventos
Por ter o nome: “esperança”.

Nenhum comentário: