Páginas

sábado, 22 de setembro de 2012

Os olhos do tigre

O mundo no qual sobrevivo
É de lutas diária e constantes
Nas quais um bom amigo
Vale mais que diamantes!
Faço meu inesperado destino
Na luta ao lado dos meus iguais
E não saio magoado ou ferido
Nem abandono meus ideais!
Eu sei que na vida um dia
Por certo terei que estar
Num caminho onde jamais estive
E minha força contra a agonia
Com esta imensa vontade de lutar
Estará fixada sempre nos olhos do tigre!

Nenhum comentário: