terça-feira, 11 de setembro de 2012

Minha oração

Lembro sempre de você, meu doce e pequeno sonho,
Dos dias em que corríamos juntos e contentes
Feito quem não sabe ou desconhece o que é medonho
Como se nossa felicidade fosse durar para sempre!

Hoje se adiantasse eu choraria milhões de água salgada
Só para aplacar a dor que me tortura todos os dias,
Enquanto aqui eu só sigo por pensar em sua estrada
Pedindo a deus para lhe dar muito mais do que alegria!

Quem sabe possa dormir em paz numa noite qualquer
Por saber que seu futuro está mais do que iluminado
E não precise mais me afogar nos braços desta mulher

Fingindo para mim mesmo que nada está errado
E esteja onde você ou eu mesmo estiver
Pode estar certo que minha oração estará do seu lado!

Nenhum comentário:

A oração e o divino