Páginas

sábado, 22 de setembro de 2012

Incerteza.

Você é incerta para uma emoção exata
Feito a lua brilhando durante o dia,
Se está perto você se afasta
Se é hora do riso você é só agonia!

Se é preciso apenas o sonho
Você é a dura e amarga realidade,
Se me sinto triste e medonho
Você não traz tranquilidade!

Você é totalmente a incerta
Para o meu jeito de ser
Mesmo assim, a quero ter

Em minha vida deserta
Para poder enfim sentir
A beleza de realmente existir!

Nenhum comentário: