sábado, 29 de setembro de 2012

Fúria.

Tanto tempo que se passou
E este amor que nunca morreu
Não sei como agora retornou
Com a mesma fúria em que se perdeu!

Tantos dias se passaram,
Tanta dor que foi sentida,
Tantos sonhos acabaram
Mas, não acabou com a vida!

Tanto eu quanto você
Fugimos do mesmo ardor
Que nos vimos a envolver

Com todo o nosso calor
Que nos vimos a querer
Renegando a nós este amor!

Nenhum comentário:

Intimidade com Deus