segunda-feira, 17 de setembro de 2012

Fantasmas

Pairando sobre o tormento
Revivendo o fracasso,
Cada lágrima, cada passo
Parece existir neste momento!
Cada dia feliz
Foi enterrado no tempo
E cada lágrima ao vento
Paira sobre a cicatriz!
Tanto tempo corrido
E eu confiante na sorte
Criei um ilusório caminho
Sem ver que meu peito ferido
Fugindo para além norte
Percebi que não estava sozinho!

Nenhum comentário:

De Victor Hugo a Frejat

Soneto I Eu lhe desejo de todo coração que você seja muito, muito feliz, que seja o dono de sua emoção e no amor...