sábado, 22 de setembro de 2012

Das coisas

Das coisas que você já aprontou
a pior foi ter covardemente me deixado,
deixando em meu peito uma dor
tal e qual se tivesse me apunhalado!
Hoje me recuperei e estou na luta
e desejo que você seja muito feliz,
que tenha com quem ouvir suas músicas
esquecendo tudo que vivemos juntos aqui!
Das coisas que você nesta vida já me fez
a melhor delas foi covardemente ter me deixado
por que doídamente aprendi que o verdadeiro amor
jamais faz alguém que ama de corpo e alma sofrer
e pagar o alto preço que paguei no passado
pois quem ama tira os espinhos da flor!

Nenhum comentário:

Andarilho