domingo, 16 de setembro de 2012

Alto preço

Não quero dizer que te amo
Sentimento sem ação não vale nada,
Sei que os meus desenganos
Não iluminam minha estrada!
É doído demais
Estar assim longe de ti,
Se preciso de paz
Relembro teu sorrir!
Cada rosto que vejo
Lembro de teu sorriso,
Sei que pago um alto preço
Por não estar aqui comigo
Muito em breve voltarei, prometo,
Por que de ti não me esqueço!

Nenhum comentário:

Andarilho