sábado, 22 de setembro de 2012

Á procura do paraíso.

Vou correr por esta vida
Ou quem sabe não,
Ou farei uma canção
Que não gere despedida!

Vou correr o mundo
Á procura de um amigo
Que me aponte o paraíso
Sobre o reino segundo!

E este caminho que procuro
É meio irreal e obscuro
Que fica muito mais além

De um mundo maravilhoso
Quase sublime e novo
Mas não é para ninguém!

Nenhum comentário:

Se reinventa