Páginas

quinta-feira, 30 de agosto de 2012

Quadrante III


Uma parte de mim quer a guerra,
A outra só quer a paz.
Uma vive na primavera
A outra, aqui jaz!
Uma parte de mim chora feito criança,
A outra, grita feito louco.
Uma parte de mim é só lembranças
Da outra, o que sobra é pouco!
Uma parte de mim grita,
Às vezes chora,
E quase sempre pede.
A outra já se agita,
Estando sempre indo embora,
E quando não, muito padece!

Nenhum comentário: