quinta-feira, 30 de agosto de 2012

Oração á mulher amada

Por maior que seja o erro
Tenha piedade de mim
Por maior que seja o desterro
Não a deixe me ver assim!
Por mais ingrato que eu seja,
Por mais que eu venha a pecar,
Por menos que eu vá à igreja
Não a deixe me ver chorar!
Senhor, por mais dores que eu dê,
Por mais turvo me seja o caminho
Nesta longa e tortuosa estrada
Não permita sofrer
Por causa de meus espinhos
A doce mulher amada!

Nenhum comentário:

De Victor Hugo a Frejat

Soneto I Eu lhe desejo de todo coração que você seja muito, muito feliz, que seja o dono de sua emoção e no amor...