Páginas

sábado, 18 de agosto de 2012

Juro que não amo você

O fato de estar sempre chorando
com o olhar rancoroso e taciturno,
e volta e meia me verem brigando
em busca de conforto em lugares soturnos;
o fato de ter os olhos vermelhos
e me verem com um copo na mão,
de responder mal a bons conselhos
e para tudo que é sim eu digo não;
não significa que eu ainda a ame
ou que para mim você importe,
ou faça parte do meu viver,
a minha vida tem ritmo inconstante
não valendo tampouco a sorte
pois, eu juro que não amo você!

Nenhum comentário: