Páginas

quinta-feira, 30 de agosto de 2012

Carona.

O mundo conspira contra você
E fortalece seus argumentos
Pois, não bastando estar a perder
Ainda se torna violento!

Vejo que estão investindo
Para lhe porem na lona
E mal sabem que está assistindo
Por estar nesta vida de carona!

Nunca teme pelo o próprio fim
Pois, sabe que virá de qualquer jeito,
Mas, não de lhe pegará de surpresa

Transformando o que fora jardim
Em mágoa viva no peito
Pois, não morrerá de tristeza!

Nenhum comentário: