Páginas

terça-feira, 3 de julho de 2012

Mão humana

Sem ter na cara o menor pudor
aguardamos o santo sem nome
que nos livre deste torpor
de viver num mundo sem dono!
Esperamos o nosso santo patriota
que nos livre do maior erro
de nos vendermos á agiotas
que nos sobretaxam por sermos nós mesmos!
Enquanto isso o povo caminha
sem ver o verdadeiro rumo
que não precisa devastar o planeta
vivendo assim tal e qual erva daninha
vagando na velocidade do fumo
vendo que da mão humana pouco se aproveita!

Nenhum comentário: