Páginas

quinta-feira, 19 de julho de 2012

Majestade

A poesia que se faz em mim
não precisa que esteja eu apaixonado
por ter ela princípio, meio e fim
independente de quem esteja do meu lado!
A poesia flui, vivifica e transcende
além da minha própria vontade,
de repente, ninguém me entende
mas, em mim ela é majestade!
Por isso é que sigo a vida
seja pela tristeza ou o amor
seguindo os desígnios que ela me dita
e ao seguí-la colho a flor
que me trás uma paz infinita
por que a poesia é o meu valor!

Nenhum comentário: