sexta-feira, 29 de junho de 2012

Poemas em dor

É sempre assim comigo
eu lhe procuro onde você não está,
ás vezes vislumbro seu sorriso
então, corro para lhe encontrar!
É sempre assim com você
que está onde nunca a procuro
e quando corro para lhe ver
me perco diante do que vislumbro!
É sempre assim com nós dois
que não nós encontramos na hora certa
e não existe hora para este amor
que sempre fica pra depois
torturando minh'alma de poeta
que acaba criando poemas em dor!

Nenhum comentário:

Intimidade com Deus