domingo, 24 de junho de 2012

Os homens do mundo.


Os homens do mundo
Vivem por um ideal.
Há o nobre vagabundo,
O herói marginal!


Os homens do mundo são
E vivem por crerem que são algo.
E não é raro vermos um ladrão
Nas roupas de um fidalgo!


Os homens do mundo se vendem
Por valores tão insignificantes,
Pela glória de um momento...


Que sempre me surpreendem
A toda hora e a todo instante,
Presos no próprio sofrimento!

Nenhum comentário:

Andarilho