sexta-feira, 29 de junho de 2012

Olhos negros

Caso eu consiga falar
Tudo que trago em mim,
Tempo não haverá para demonstrar
Que este amor não tem fim!
E pensar que tudo começou
Numa noite enluarada,
Quando para mim você olhou
E ficamos sem dizer nada!
Agora analiso
A realização de meus desejos,
Pois de você eu preciso.
E supero todos os meus medos
Na imensidão de seu sorriso
E na forca de seus olhos negros!

Nenhum comentário:

Intimidade com Deus